Foto: Porã News

Brasileiros Jose Ricardo Manchi, de 40 anos, residente na cidade de Araçatuba estado de São Paulo; Jonas Cunha de Souza, de 22 anos, residente no estado do Amazonas e Roberto Gil Filho, de 30 anos, residente em Cuiabá estado do Mato Grosso foram presos após acusação de que teriam ateado fogo em um veículo numa estrada vicinal da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero.

De acordo com o site Poranews, os acusados seriam estudantes de medicina na fronteira e foram presos na noite de sábado, dia 12, acusados pelo crime de por fogo no veículo tipo Uno, de duas protas, na região da Colônia Victoraí, distante uns 4 quilômetros de Pedro Juan Caballero.

Os homens foram presos pela Polícia Nacional do Paraguai e estão a disposição do Ministério público até que se averigue o porque dos autores terem provocado o incêndio do automóvel.